Alecive-Flatwoken-Apps-Whatsapp whatsapp Agende: 61 99993 0038
 

O que você precisa saber se vai operar varizes

Home  |  O que você precisa saber se vai operar varizes

Vai realizar cirurgia para tratar as varizes? O que você tem que saber:

A cirurgia cura as varizes?

Não. Varizes é uma doença multifatorial, com um componente genético soberano. Portanto, não existe um tratamento que cure as varizes ou os vasinhos. Os tratamentos melhoram os sintomas, melhoram a aparência e reduzem as complicações da insuficiência venosa crônica.

A cirurgia é obrigatória para mim?

Não. Em poucas situações a cirurgia é imperativa. No caso de complicações, por exemplo, varizes grossas, varizes em pessoas que apresentam sintomas apesar do tratamento clínico bem feito, a cirurgia geralmente é indicada.

Quais os tipos de complicações causadas pelas varizes não tratadas?

As pessoas que apresentam varizes grossas, associadas a inchaço e escurecimento das pernas na região próxima aos tornozelos, podem vir a apresentar úlcera (ferida) varicosa. Alguns tipos específicos de varizes podem sangrar ou causar flebites, que é a formação de coágulos dentro do vaso.

 A cirurgia de varizes deixa cicatrizes?

As cicatrizes deixaram de ser um problema para as pessoas que operam de varizes pois as incisões são cada vez menores, são mínimas. O fato é que algumas pessoas têm tendência a apresentar queloides ou cicatrizes hipertróficas, mas essa situação geralmente já é conhecida e discutida durante a consulta, além de estas complicações serem muito raras nas pernas. O que é mais comum: manchas escuras que podem ficar nos locais de manipulação cirúrgica e nos trajetos das varizes. A maioria das manchas que acontecem após as cirurgias desaparecem com o tempo. Entretanto, em algumas pessoas pode demorar mais tempo. Enquanto, por um lado , as varizes só aumentam com o passar do tempo, as manchas, se for o caso, tendem a diminuir, com ou sem o tratamento da pele.

Como devo me preparar para o dia da cirurgia?

A cirurgia de varizes é realizada em regime ambulatorial pois normalmente a pessoa recebe alta no mesmo dia. Você deverá estar de jejum, até de água, por 8 (oito) horas antes do procedimento. No dia da cirurgia um médico da equipe irá marcar os trajetos varicosos com uma caneta de tinta indelével, na posição de pé, possibilitando a identificação e a retirada das varizes após estar na posição deitada. O anestesiologista irá conversar com você, saber os medicamentos que usa, saber de antecedentes médicos ou de alergias, ajudando na escolha do melhor tipo de anestesia para a situação. A sala cirúrgica geralmente é um ambiente frio e cobertores serão disponibilizados se for preciso. Ao término da cirurgia você será encaminhada à sala de recuperação anestésica, dentro do Centro Cirúrgico por um período variável de uma a duas horas. Após este período irá para o quarto para continuar a se recuperar. Após o término do efeito anestésico, poderá beber líquido e alimentar-se. Na maioria das vezes já poderá andar no quarto. Suas pernas estão enfaixadas e deverão permanecer elevadas, evitando a posição de pé parada ou sentada.

Devo sentir dores após a cirurgia de varizes?

Não. Normalmente sentirá uma ardência no trajeto das varizes que foram operadas. No entanto, se ficar muito na posição de pé ou sentada, poderá sentir as pernas pesadas.

O que posso encontrar quando retirar as faixas no dia seguinte da cirurgia de varizes?

Haverá manchas roxas e esparadrapo antialérgico (fitas) cobrindo as incisões. Estas fitas não devem ser retiradas pois funcionam como um ponto falso, já que não há pontos de fio na pele normalmente. Com o passar dos dias, haverá nodulações debaixo da pele que correspondem a cicatrizes nos locais onde foram retiradas as varizes.

O que NÃO é normal após a cirurgia de varizes?

Febre, dor intensa nas pernas, inchaço, endurecimento da panturrilha (barriga da perna), tosse, falta de ar. Você deve se sentir bem! Em caso de dúvidas, ligue para o médico.

 Após a cirurgia de varizes eu ainda vou ver vasinhos nas pernas?

Sim. Após sumir as manchas roxas (equimoses), você notará alguns vasinhos. O tratamento cirúrgico é indicado para tratar as varizes (veias doentes, tortuosas, alongadas e elevadas) e não para tratar os vasinhos. Os vasinhos podem levar a desconforto estético e são tratados com escleroterapia (aplicações) após o procedimento cirúrgico, no consultório. Você poderá optar por realizar algumas aplicações nos vasinhos durante a cirurgia. Esta escolha é muito vantajosa porque não irá sentir dor e irá diminuir, em muito, o número de sessões a ser realizada no consultório. Durante a cirurgia podemos, então, realizar aplicações na maioria dos vasinhos, independente da quantidade.

Eu optei por realizar aplicações de vasos (escleroterapia) durante a cirurgia de varizes. Mesmo assim vou notar alguns vasinhos que eu via antes do procedimento?

Sim. Você sempre vai encontrar vasinhos nas pernas, mesmo se você realizar aplicações durante a cirurgia. Não há como saber quantos vasinhos irão desaparecer. Em algumas pessoas, a maioria dos vasinhos desaparecerá, em outros, um pouco menos, sendo necessário continuar o tratamento no consultório.

 Por que tenho que retornar ao consultório após quarenta dias após a cirurgia?

Mesmo após 8 semanas, haverá algumas marcas e nódulos debaixo da pele. Isto é esperado! Na maioria das vezes vai notar vasinhos, que geralmente estão mais “fracos”. Neste retorno vamos esclarecer dúvidas, orientar sobre o estilo de vida a partir desta fase e pode-se programar o tratamento cosmético dos vasinhos restantes. Como as varizes nutridoras foram retiradas, este é um bom momento para se iniciar as aplicações. Mesmo quem já realizou aplicações durante a cirurgia, poderá necessitar de algumas sessões novamente.

Se eu não quiser operar as varizes, posso fazer outro tipo de tratamento?

Sim. Para as varizes de grossas, o tratamento padrão é a cirurgia. Para as outras situações, é possível a utilização e/ou a associação de outras técnicas como a escleroterapia química convencional e crio esclerose, a espuma densa e LASER. Não existe nenhum tratamento definitivo para as varizes, e a melhor abordagem terapêutica tem sido a associação de técnicas – utilizar mais de uma alternativa terapêutica juntas. Discuta estas opções com o seu médico! Se as varizes te causam desconforto, incômodo estético ou se há até o receio do tratamento cirúrgico, há diversas opções com baixo risco, não desista de cuidar.

ATENÇÃO: ESTAS ORIENTAÇÕES NÃO SUBSTITUEM A CONSULTA COM O SEU MÉDICO ANGIOLOGISTA/CIRURGIÃO VASCULAR. É MUITO IMPORTANTE QUE VOCÊ LEIA ESTAS ORIENTAÇÕES E DISCUTA COM O SEU MÉDICO. SÓ FAÇA O TRATAMENTO APÓS SENTIR-SE SEGURA(O).