Cada pessoa, ao ser acometida pelo aneurisma da aorta abdominal, carrega consigo características individuais com inúmeras possibilidades de apresentação clínica, alterações anatômicas e outras doenças associadas. Por esse motivo, a escolha de qual ou quais tratamentos a serem adotados, levando em conta as suas vantagens e desvantagens, deve ser feita com cautela pelo médico especialista em angiologia e cirurgia vascular.

O tratamento, ainda, deve ser individualizado, cabendo ao médico levar em consideração a expectativa de vida do indivíduo, a avaliação de risco cirúrgico, a anatomia do aneurisma e, inclusive, a preferência do paciente.

Sobre a doença
É chamada de aneurisma a dilatação de uma artéria que ultrapasse em mais de uma vez e meia seu diâmetro original. Esse fenômeno pode ocorrer em qualquer parte do corpo, no entanto, o aneurisma fora do território cerebral (chamado de periférico) mais comum é o da aorta abdominal, a maior artéria do corpo, que sai do coração, passa pelo tórax e abdome e distribui o sangue para todas as áreas.

Quando a doença ocorre na aorta abdominal, normalmente não apresenta manifestações, sintomas ou queixas. Logo, se não diagnosticado precocemente, um aneurisma da aorta abdominal já desenvolvido pode causar complicações graves à saúde do acometido. Entre elas, está a rotura ou rompimento da artéria dentro do abdome, o que pode ser fatal em até 80% dos casos.

Conheça os grupos que correm mais risco de sofrer um aneurisma da aorta abdominal:
Idosos;
Homens;
Fumantes;
Hipertensos.

Tipos de diagnóstico
O diagnóstico do aneurisma é feito inicialmente pelo exame físico realizado por um especialista e, em seguida, confirmado por exames que envolvem ressonância magnética, tomografia computadorizada e ultrassonografia da região abdominal. As imagens geradas por esses exames ajudam o médico a “ver” dentro da aorta e, assim, determinar a presença ou não da doença. Uma vez diagnosticado o problema, impõe-se o monitoramento de seu crescimento por meio dos mesmos exames.

Possibilidades de tratamento
O tratamento mais prescrito é o cirúrgico, em que, por meio da operação aberta, o aneurisma é excluído da circulação, evitando-se, assim, sua rotura.
Outra opção de tratamento é o endovascular, feito por incisão para introduzir uma prótese em direção à aorta abdominal. A indicação dessa modalidade de tratamento é reservada a pacientes com gravidade clínica avançada, cuja operação aberta convencional poderia trazer complicações.
Porém, tanto a operação aberta quanto a endovascular não são isentas de complicações — hematomas, infecções e deiscência são alguns exemplos delas. Apesar disso, um pós-operatório com cuidados especiais até a total reabilitação do paciente é fundamental e tem como objetivo diminuir tanto as complicações quanto a mortalidade nos indivíduos portadores de aneurisma da aorta abdominal, ainda que tratados.

Saiba mais sobre a Angiomedi
Tudo começou em 2013, quando o cirurgião vascular Dr. Antonio Carlos de Souza fundou a unidade com o intuito de criar um centro médico altamente especializado em saúde vascular. Assim aconteceu e, hoje, é realidade. A Clínica Angiomedi conta com um trabalho diferenciado voltado para a prevenção, diagnóstico e tratamento dos transtornos circulatórios.
Sua missão é agregar respeito, humanização, responsabilidade, inovação e personalização para prestar um atendimento de ponta que contribua com a melhoria da saúde vascular dos pacientes. Para isso, a Clínica Angiomedi oferece o que há de mais moderno e eficaz no tratamento de varizes, aneurismas de aorta abdominal, úlceras de pernas e pés diabéticos, entre outros problemas.

3 Comentários. Deixe novo

  • srtlzpfqjo
    22/07/2020 9:26 pm

    Muchas gracias. ?Como puedo iniciar sesion?

    Responder
  • Rômulo Correa Fernandes
    21/02/2021 9:10 am

    Meu pai de 85 anos tem um aneurisma de aorta muito extenso. Ele precisa fazer o procedimento endovascular e não temos recursos para isso. Vocês fazem via SUS? Me ajudam a salvar meu pai.

    Responder
    • angiolomed
      31/03/2021 8:12 am

      Olá! Para saber mais sobre os valores de consultas e procedimentos, por gentileza, entre em contato com a Angiomedi: (61) 3244-7592 | 3244-6831 | 99993-0038 (WhatsApp).
      Agradecemos o seu contato.

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
WhatsApp chat